ser criativo 2
04/09 2015

A essência criativa que nos move… Mas como ser criativo?

E aí, você sabe responder rapidamente o que é e como ser criativo nesse mundo louco em que vivemos? O que é a criatividade? Será que hoje em dia, todas as novidades podem ser consideradas obras criativas? O homem está sempre criando e inovando, então a criatividade caminha lado a lado com o erro, concorda? Portanto, com o erro se aprende e errando conquistamos sabedoria que é capaz de tornar um homem simples em um criativo brilhante!

Conhecimento gera criatividade!

Conhecimento gera criatividade!

A criatividade é o que move as pessoas e a sociedade para um lugar melhor. Bonitas palavras, não? Mas, sejamos frios: a criatividade não é um botãozinho no cérebro que basta apertar o play para que ele funcione. Muito menos é um dom, como se fosse uma escolha divina!! A criatividade é uma consequência de quem busca informação, de quem é curioso acerca de novidades e sensíveis a elas. Hoje, com toda a tecnologia, o homem tem mais tempo para ser criativo e, também, mais espaço e liberdade de expressão, e tal criatividade é cada vez mais requisitada em nosso cotidiano, seja em casa com a família ou no ambiente de trabalho, se busca de todas as maneiras novas formas de agir, de pensar e de atuar. E essa necessidade de criação nos absorve com tanta intensidade que não há uma resposta correta para essa questão, pois a criatividade é algo pessoal e varia de um indivíduo para o outro.

Muitos de nós já ouvimos que para ser criativo é preciso tirar suas ideias do papel. É comum ouvirmos “eu já pensei nisso antes”. Mas como dar esse start? Mas como ser criativo? Muitos especialistas dizem que para sermos habilidosos em qualquer área, precisamos de treinamento e muita observação. Fato!

Por esses questionamento e motivos, reunimos algumas “ideias” para você treinar sua criatividade todos os dias, vejam:

  • Observe as crianças e brinque mais: Ser criança é muito bom! Voltar a ser criança deve ser melhor ainda! Então tente ser livre para criar, brincar, falar, desenhar e inventar o que quiser. Tente não censurar esse momento com tantos filtros sociais que nós adultos tanto prezam.

 

  • Seja curioso acima de tudo e pense em besteiras: Preste mais atenção em tudo ao seu redor e se der, seja um louco, por um instante! Observe mais as pessoas nas ruas, converse com estranhos, seja espontâneo e deixe sua mente fluir sem julgamentos. Não economize insights! Mantenha sua mente ligada! Da espontaneidade nascem grandes invenções!

 

  • Questione o mundo: Deixe que o “pensar fora da caixa” venha de modo mais natural em sua vida. Liberte-se e desconecte de pensamentos coletivos, não faça escolhas baseado no que os outros vão pensar e não acredite em tudo o que é mostrado. Saiba ler as entrelinhas e se questione sobre tudo!

 

  • Siga seus instintos: Se você acredita na sua ideia, nunca desista no primeiro NÃO ou sobre as críticas que recebeu. Corra riscos! “Quem não corre nenhum risco está correndo todo o risco”. Como lição de vida, lembre-se: no começo da Apple, só o Steve Jobs e o Steve Wozniak acreditavam no computador pessoal deles…

 

  • Relacionamentos como treino de sua criatividade: Essa é a melhor! Aproveite a paixão e o amor para colocar toda a sua essência criativa para fora, afinal, vale de tudo! Seja criativo em novos tipos de beijos, de abraços, de presentear seu amado ou amada e até em falar aquela linda frase, a “eu te amo”. Escreva alguns bilhetes e cole pela casa, cole os bilhetes na testa do cidadão ou cidadã, grave vídeos engraçados e relembre bons momentos, faça uma comida diferente, pule de paraquedas com um coração de pelúcia na mão, sei lá… seja criativo oras!!!